Cartão Ipiranga Carbono Zero

Os postos Ipiranga estão com uma campanha forte, produzida pela Agência Talent. É o Cartão Ipiranga Carbono Zero. O que há de verdades e mentiras?

Vídeo da campanha

O site da campanha

O Hotsite do Cartão Ipiranga Carbono Zero, é bem simples, mas possui algumas coisas interessantes, como a Calculadora de CO2 e algumas Dicas para reduzir a emissão de carbono

Na página que fala sobre o cartão, é preciso fazer uma ressalva.

Na sessão “vantagens”, é afirmado o seguinte:

– Sem anuidade e sem taxa de adesão¹

Cuidado com esse pequeno número 1 no fim. No rodapé podemos ler:

1. Emissão do cartão sujeita à aprovação de crédito. Após a emissão será cobrado um custo de manutenção de conta de apenas R$ 1,99, somente quando houver emissão de fatura.

Ou seja, é cobrada sim uma mensalidade de R$ 1,99, sempre que você usar o cartão. Pode ser um valor baixo, mas é um valor.

O cartão Ipiranga é um cartão de crédito com a bandeira da Mastercard.

Com certeza esse acordo com a Mastercard já rendeu uns bons trocados para a empresa.

E a transparência?

Em muitos momentos a Ipiranga ressalta que parte do dinheiro que você gasta com a gasolina do seu carro será revertida para o plantio de árvores.

No entanto, em nenhum momento fica claro como pode ser feito o acompanhamento desse plantio. Como posso fiscalizar se meu dinheiro está mesmo sendo investido?

O site diz:

Outro ponto fundamental na relação com o consumidor é a transparência. Para isto a Ipiranga estará divulgando de forma clara e estruturada o volume de gás carbônico que o consumidor está neutralizando. A Ipiranga vai mantê-lo constantemente informado através da publicação de balanços periódicos da neutralização, sempre validados pela auditoria internacional, e conteúdo específico neste site.

No site da ClickArvore, onde você pode plantar até uma árvore por dia de graça, eu consigo saber onde cada muda que comprei foi plantada. É esse tipo de transparência que eu quero. Talvez seja complicado, mas esse site já plantou 10.880.715 mudas até hoje, e mesmo assim conseguiu manter a transparência.

Se eu invisto meu dinheiro, quero saber pra onde ele vai.

E só plantar árvores resolve o efeito estufa?

Não. Não haveria espaço no mundo todo para plantar a quantidade de árvores necessária para neutralizar o CO2 emitido. É por isso que essa questão é tão complexa e há tantos estudos científicos criando tecnologias melhores para melhorar esse quadro. No litoral da Noruega, por exemplo, foi montado uma máquina capaz de enterrar o gás carbônico comprimido no fundo do mar.

Então a campanha é ruim?

Quem decide é você. Precisam ser consideradas diversas variáveis que dependem do seu objetivo. A gasolina dos postos Ipiranga está cara? Se estiver, isso é um fator decisivo para você?

É claro que a Ipiranga vai lucrar com essa campanha e que ela foi montada em cima de um hype moderno, que e o aquecimento global. O que não quer dizer que ela seja ruim. Oras, se eles ganharem e o meio ambiente também, por mim está ótimo! Isso te incomoda?

Plantar árvores não resolve, mas ajuda.

11 comentários

  1. Plínio

    Patrícia, bem lembrado né, “será que incentivar ainda mais o consumo de combustíveis fósseis é realmente bom pra todo mundo?” eu também pensei por este lado.
    A questão é: Por que empresas de venda de produtos recicláveis não fazem uma campanha destas? Seria um bom negócio também. Agora, tocando em outro assunto, não seria nada mal se fossem fabricados automóveis movidos a energia elétrica… Sei que o projeto deve estar em andamento em alguma parte do mundo, mas sabe-se lá se as empresas que lucram em cima de combustíveis fósseis deixarão esse tipo de tecnologia invadir nosso planeta, pois, tem muita gente forte por trás dessas empresas.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.