Como Lidar Com Rebeldia Infantil?

Tem quem diga que está na adolescência a fase mais rebelde e complicada de se lidar na vida de uma pessoa. Mas, para muitos pais, está mesmo na infância uma dos momentos mais delicados de uma pessoa. É nesta fase que o caráter começa a ser modelado pelo exemplo de quem está em volta; pelo convívio com as outras crianças e com a vida escolar.

Ao contrário do que se pensa, é na infância também que começam a surgir alguns distúrbios físicos e mentais, o que exige dos pais ainda maior atenção sobre tudo que cerca e ocorre com seus pequeninos. Mas há um problema que este pode ser considerado o mais comum entre meninas e meninos e que, diga-se de passagem, deixam os pais loucos. Trata-se da rebeldia, algo que as opiniões se dizem entre problemas psicológicos ou falta de educação.

Algo para tratar deste problema que pode até mesmo minar o relacionamento entre pais e filhos é o diálogo. Profissionais da área de psicologia, independente da corrente que defendem, concordam que uma boa conversa é fundamental para que o comportamento de filhos e filhas se moldem às expectativas dos pais. Uma boa conversa, com franqueza, é capaz de fazer grandes ajustes no comportamento de qualquer criança.

Associado ao diálogo, profissionais também aconselham sessões de psicopedagogia como forma de descobrir o que causa este comportamento nocivo nas crianças, uma vez descobertas as causas fica fácil saber qual o melhor tratamento.

Outra dica que sempre funciona é dar amor – não confundir com mimos em excessos – mas amor é sempre uma receita infalível para que as crianças sintam-se mais seguras, felizes e por isso menos agressivas. Não esqueça também de sempre orar a Deus e apresentar a Ele seus filhos, pois, foi Ele quem deu estas crianças para você cuidar e amar, logo, Deus é seu maior aliada na formação do bom caráter do seu filho.