Cuidados ao levar o cachorro para a praia

O calor chegou e as famílias brasileiras começaram a pensar com mais carinho em passeios que incluam o litoral do país. O problema é que muitas possuem cachorros e não tem com quem deixa-los e a solução encontrada é levar o animal de estimação junto. Porém, muitas praias não aceitam animais circulando pela areia e as que aceitam pedem para que o animal tenha uma atenção especial, principalmente com relação a segurança e higiene de outros banhistas.

Cachorro na praia não é bom (Foto: Divulgação)

Cachorro na praia não é bom (Foto: Divulgação)

 

Praia é um perigo para o animal

Muito sol, altas temperaturas, areia e até a água salgada representam problemas para os animais de estimação levados à praia. Algumas lesões na pele dos animais podem aparece e causar problemas para o bichinho. Se o animal quiser entrar no mar o problema se agrava, porque ele vai estar em um ambiente ainda mais apropriada para proliferação de micro-organismos.

A vermifugação e vacinação devem estar em dia antes de levar o animal para a praia. Além disso, é recomendado passar protetor solar para cães no animal antes de expor ele a um sol escaldante.

Cachorros na praia (Foto: Divulgação)

Cachorros na praia (Foto: Divulgação)

Problemas encontrados ao levar animais à praia

Além dos riscos que já informamos, o animal pode levar para as pessoas que frequentam a praia doenças. Se o dono do cachorro não coletar as fezes da areia, por exemplo, aquilo pode ser uma fonte de transmissão de doenças para os banhistas.

Por isso, o recomendado é levar o animal para passear no calçadão da praia, com coleira segura, e sempre coletando as fezes do bicho, para evitar que as pessoas acabem se sujando ou até pegando alguma doença transmitida pelo cão por meio das fezes. É bom respeitar o espaço do outro e não levar o animal com você na areia, pois muitos não gostam. Fora isso, algumas praias proíbem a ida de animais na areia e no mar.

Cuidados ao levar o cachorro para a praia
Avalie esse artigo: