Curso Online de Ciência Política

Entender de política e dos seus mecanismos em todas as esferas da vida do homem além de ter uma visão totalmente filosófica sobre o cidadão e a política são as propostas de um curso, de alto teor intelectual, chamado de Ciências Políticas. Tem muita gente que tem uma formação em outra érea e decide por fazer uma especialização seja em nível de especialização, mestrado ou doutorado.

Se você gosta de estudar, de se aprofundar em leituras, entender como funciona a política dentro do contexto atual e como ela influencia na sua passagem de ônibus, no preço do pão, do gás, da gasolina e em tudo que diga respeito ao homem, pode pensar seriamente em fazer um curso de ciências políticas para se aprofundar ainda mais neste conhecimento.

Melhor ainda se este curso for online e possibilite que você estude sem necessariamente abrir mão de trabalhar e cuidar de suas outras atividades. Cursos feitos pela internet têm sido a alternativa mais adequada para pessoas que querem sempre reciclar conhecimentos e não tem como freqüentar todos os dias as salas de aula.

Com esta proposta, a ESAB (Escola Superior Aberta do Brasil) oferece curso online de Ciências Política para que você estude e se prepare nesta ótima qualificação em qualquer lugar do Brasil através de um computador que tenha internet. As aulas do curso de extensão da Esab têm duração de apenas um mês (40 horas).

O curso ainda não informa quando as inscrições estarão abertas, no entanto, avisa que a taxa do curso é de R$ 210,00 e com uma promoção pode chegar a R$ 105,00. Para obter maiores informações sobre o curso de extensão da Esab em Ciências Políticas é só acessar o www.esab.edu.br e saber quando será iniciada a próxima etapa da matrícula.

Não deixe de fazer a sua inscrição e estudar as disciplinas mais vistas no curso de Ciências Políticas da Esab como: Métodos e objetos da ciência política. Condições históricas que possibilitaram o surgimento da ciência política. A ruptura dos dogmas políticos medievais. Direito natural, contratualismo, liberalismo e materialismo histórico. Críticas ao modelo e prática liberais. Elites, estamentos burocráticos e democracia representativa. Dicas sobre como ler os clássicos da ciência política.