Dica: Oito Passos Para Otimizar Seu Blog Em WordPress (Parte 1)

Muita gente depois de criar o blog, precisa mudar alguma coisa na estrutura, fazer testes, fuçar aqui ou ali.

Se você fizer isso dentro do servidor que seu WordPress está instalado, correrá o risco de perder dados, alterar alguma coisa onde não devia, etc.

A melhor dica para poder fazer testes no seu wordpress sem medo de ser feliz, é instalar um servidor PHP local na sua máquina e rodar suas invenções no seu próprio computador, antes de enviá-las ao servidor. Como fazer isso? Simples:

1 – Faça o download do WAMP.

O WAMP5 (que significa Windows, Apache, MySQL, PHP5) é o melhor pacote de softwares para quem quer montar de maneira fácil e rápida seu próprio servidor PHP local. Um pacote de programas que instala automaticamente o Apache 1.331, PHP5, MySQL database, PHPmyadmin e SQLitemanager. Disponibiliza também suporte ao uso de scripts PHP e comporta vários add-ons encontrados no site oficial.

2 – Instalação do WAMP

Terminado o download, a instalação é muito simples.

Abra o executável. Na tela a seguir, clique em Next.

Leia e aceito os termos de utilização. Next …

Escolha o diretório de instalação. Pode deixar o c:WAMP, conforme figura.

Nessa tela aparece a opção de iniciar o wamp assim que o sistema é iniciado. Selecione sua opção e clique Next..

Pronto! Agora vá em Iniciar > Programas > WampServer > start WampServer.

Se tudo estiver OK, aparecerá um ícone igual a este na barra perto do relógio.

Se houver algum problema na instalação do WAMP, esse ícone aparecerá amarelo.

O motivo mais comum para isso acontecer é se você também tiver o IIS instalado e rodando na porta 80 do micro. Para resolver esse problema, você deve alterar a porta de um dos dois serviços. Para alterar a porta do Wamp, é simples:

Clique com o botão esquerdo em cima do ícone do Wamp > confi files > httpd.conf.

Ao abrir o arquivo, procure pela linha de comando “Listen 80”. Mude o valor para 81.

Pronto!

3 – Depois do processo de instalação foram criados dois serviços com o servidor web e o de base de dados:

  • Serviço wampapache: Relacionado com o servidor Apache.
  • Serviço wampmysql: Relacionado com a base de dados MySQL.

Dentro do diretório onde tivermos instalado WAMP5 terá sido criado uma pasta chamada “www”, que é o diretório de publicação, ou seja, é lá onde você colocará suas páginas Web!

4 – Faça download do WordPress.

5 – A instalação do WordPress daria um tópico a parte. Portanto, para maiores detalhes, siga os passos do Rodrigo Ghedin, que detalha todo o processo no seu BlogAjuda.

6 – Após ter instalado tudo, jogue a pasta do WordPress dentro do diretório “www” do WAMP:

7 – Abra seu navegador e acesse http://localhost/wordpress e verás que seu blog já está pronto para ser rodado localmente! Você pode fazer as modificações que bem entender e depois pegar os arquivos e fazer o upload para o servidor.

8 – Você também pode fazer o download do seu blog atual para a pasta www do seu micro, modificar o que quiser no próprio micro e depois fazer o upload! O serviço fica mais ligeiro e seguro!

Para fazer o download e upload de arquivos para o servidor, recomendo Filezilla que pode ser baixado aqui. Quem usa o Dreamweaver para editar os arquivos pode usar o serviço de FTP do programa!

Espero que as dicas tenham ajudado. Em breve vou postar outro artigo com mais dicas para otimizar sua experiência com WordPress! 🙂

6 comentários

  1. Thulio Queiroz

    Cara… excelentes dicas… consegui instalar sem problemas o wordpress… essa é minha primeira vez com blogs… o tutorial está de parabéns!… só um problema, quando quero acessar através de outra máquina o blog é apresentado em html básico, pode me ajudar???

  2. Tonobohn

    Thulio, me manda um e-mail pela página de contato ali em cima, aí poderemos conversar melhor do que por comentários. Abraço!

  3. Dju

    Gostaria de solicitar a sua ajuda relativamente a seguinte questão:
    Tenho Wamp5, já o instalei e aperentemente está tudo bem. Só que tentei abrir phpmyadmin ele pede-me nome do utilizador e palavra passe, o que obviamente não tenho e nem sei como ultrapassar esse obstáculo.
    Agradecia o favor se possível de me ajudar a transpor mais esta barreira.
    Desde já agradeço a Sua, ou a Vossa amabilidade e considero a ajuda que prestam as pessoas, um verdadeiro serviço público.
    Bem haja a todos.
    Dju

  4. tonobohn Autor do post

    Dju,

    Tente:

    usuário – root
    senha – em branco, sem nada ou … 123

    Se não funcionar fale comigo de novo!

    Abraço.

  5. Rodrigo

    Pessoal, fiz todo o procedimento mencionado pelo Tonobohn. Aquela janela de autenticação é do serviço IIS? Porque toda vez que chamo o LOCALHOST aparece aquela janela. Qual senha que devo usar?
    Visto que para acessar o LOCALHOST do APACHE usei LOCALHOST:81.

  6. tonobohn Autor do post

    Rodrigo,

    Não se usa o IIS para php. Essa tela é do Apache.

    abraço

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.