Dicas Bíblicas: Porque Não Usar Tatuagem/Tatuar-se?

Há muito polemica em torno da tatuagem. Alguns não entendem por que os cristãos não aceitam esse tipo de prática e por que a julgam como errônea. Enquanto para muitos a tatuagem é motivo de exibição para os cristãos ela não tem a mesma imagem. A maioria acha que os evangélicos criticam a tatuagem apenas pelos desenhos ou a vêem como uma forma de rebeldia. Mas, na verdade os cristãos apenas cultivam a idéia de que o corpo do individuo deve ser respeitado, pois é templo do espírito santo.

A Bíblia Sagrada não menciona de forma direta sobre a condenação da tatuagem, mas fala da questão do corpo ser templo do espírito santo. Por isso, toda prática nociva ao corpo humano como tatuagem, piercing e outras coisas, são de certa forma vistas com maus olhos pelos cristãos. Não por um preconceito, mas por uma questão de princípios.

Os cristãos também entendem que em alguns países a tatuagem é uma questão cultural e por isso respeitam as culturas com práticas similares. Por fim, apenas defendem a idéia de preservação física do corpo. Os cristãos também afirmam que há inúmeros casos de pessoas que ao fazer uma tatuagem se arrependem com o tempo, e por isso é preciso ter um certo cuidado ao tomar essa decisão.

Embora também conste na Bíblia que “Posso todas as coisas, mas nem tudo me é lícito”, o mesmo se aplica a ideia de tatuar ou não o corpo, cabendo a você mesmo procurar ver se cabe ou não ter algum tipo de marca no corpo.