Web
Analytics

Dica: Ao Comprar Um Carro/Automóvel – Quais Precauções Tomar?

Na hora de comprar um automóvel é bom que você chegue à loja sabendo qual modelo específico que você quer levar, mas seja flexível para mudar para um ou outro modelo, caso consiga um negócio mais tentador. Lembre-se, porém, de que esses dois ou três modelos têm de atender a suas necessidades e tem de caber no seu bolso. Cuidado para Não dizer ao vendedor que você tem um carro usado até que ele tenha lhe passado um bom preço pelo carro que você deseja. Desta maneira, ele não vai poder inflacionar o valor do seu usado, manipulando o preço de venda do novo.

Para comprar um carro fazendo o melhor negócio, você terá de planejar bem suas atitudes e ser muito paciente. É importante que não se iluda ou se empolgue demais. Se você conta com R$ 20 mil para trocar de carro, não adianta nada se apaixonar por um modelo que, mesmo depois de dar o seu usado de entrada, exigirá que você gaste outros R$ 30 mil. Mesmo que consiga negociar um desconto, muito provavelmente você irá gastar mais do que os R$ 20 mil que possui. A diferença pode parecer pequena quando estiver na concessionária. Mas, quando tiver que arcar com a prestação, você provavelmente irá se arrepender.

É bem verdade que a relação com a concessionária não termina com a compra, pelo menos para os carros que estão na garantia, pois é preciso fazer a revisão. Porém, algumas concessionárias já oferecem o serviço de pegar em casa o carro, de forma que para você, que mora na Zona Sul, não faz diferença onde ela está situada. A preocupação deixa de ser com a localização, e passa a ser com relação ao preço e qualidade do serviço que será prestado.

Ter tudo na ponta do lápis é uma decisão financeira e, como tal, você deve levar em conta todos os custos envolvidos. Ou seja: não assuma que o negócio está fechado até ter todas as informações sobre os gastos envolvidos na compra, o que inclui desde o valor que está sendo dado pelo seu usado, até o custo do seguro.