E o AdSense Disse: Faça-se a Blogosfera!

Há alguns dias muitos blogs estão participando de um meme: “Existe concorrência na blogosfera?”

Quanto a isso, a quantidade de links só na primeira linha desse texto já responde a questão.

Mas assim como o Ghedin fez, resolvi puxar o texto para outro fator. O fator Google AdSense.

Hener comentou:

Ghedin,
Concordo com você na parte em que você comenta que há muitos blogs falando de blogs (entendi direito?). Acho que tem muitos blogs falando do mesmo assunto sem nenhum diferencial, o blog se tornou uma coisa muito banal todo mundo quer ter um, lembro que um tempo atrás estourou a onda dos flogs agora é a onda dos blogs? Será que é mais uma moda? Será que as pessoas estão fazendo blogs de qualquer jeito depois que descobriram o Google Adsense? Será que se o Adsense morrer, 99% dos blogs morrem também? Será que há blogs de mais e leitores de menos? Será que este comentário não vai ficar muito grande?

Bingo. A respostas para todas as suas perguntas, inclusive a última (hehe) é SIM.

Assim como a necessidade é a mãe da ciência (ou seria a preguiça?), assim como Deus é o pai de todos (ao menos para quem crê), o AdSense criou a blogosfera.

Sejamos francos. O que motivaria alguém a dispensar algumas horas do seu dia, todo santo dia, não fosse pelas doletas no fim do mês?

Antes do AdSense, blogs eram diários. Blogs eram um espaço virtual para você escrever quando estivesse com vontade, para falar o que bem entende-se.

Agora, blogs são … parte da ‘blogosfera’. São um mundo a parte, envoltos na parede delimitada pela blogosfera. E é aí que a gente peca. Peca até mesmo em nos referirmos como “nós” ou “a gente”. Usando o pronome na primeira pessoal do plural, excluímos o resto do mundo, inibimos aqueles que não fazem parte da panela e afastamos os usuários que usam a conexão dial-up nossa de cada dia.

Blogs tem um novo motor. Não é a paixão, é a monetização. O que não quer dizer que mesmo esses, não sintam prazer de blogar e escrever.

Isso Não é Ruim: Ao menos não totalmente. Vejamos, quando sua mãe dizia: “Filho! Se você não ficar de recuperação nesse bimestre a gente te compra aquele videogame que você queria”.

Sua mãe, numa analogia bem pitoresca, era o AdSense. A recompensa sempre motiva o crescimento e tenho certeza que o AdSense também teve esse efeito. ‘Obrigou’ blogueiros a atualizarem seus blogs diariamente, escrever bons textos, chamar a atenção e tentar ter um diferencial em relação aos outros. Crescemos e agora somos uma massa formadora de opinião.

O que precisamos agora é entender que podemos expandir muito mais. E esse ‘muito mais’ são os visitantes que discriminamos como “pára-quedistas”. Pois escrevemos para eles.

Chega de Pensar: Pensamos demais, criamos memes demais. A discussão sempre em torno de nós mesmos já começou a irritar. A blogosfera isso ou aquilo, os blogs aquilo outro. De todas as discussões que já li, poucas foram realmente produtivas. A grande maioria somente acompanha a onda.

Depois de tanta reflexão, está na hora de produzir. Sente, escreva seu texto, publique e veremos no que dá.

Imaginem que um usuário que ainda está no esquema orkut/msn/youtube, começou a ler blogs. Vendo tantos memes e tantos verbetes técnicos, qualquer um se sentiria intimidado, mesmo sendo esse um futuro leitor potencial. Portanto creio que algumas discussões são válidas, mas poderiam ser feitas pelas listas de discussão que tem exatamente essa finalidade. Discutir certos temas em seu próprio blog, ao invés de contribuir para o crescimento dos blogs tupiniquins, está exatamente fazendo o efeito contrário, criando a panela e implorando os temas.

Salvo blogs sobre blogs. Se o seu blog tem como tema justamente a blogosfera, então esqueça tudo o que eu disse. Aí sim, falando de blogs, você está com o foco certo.

Esse é um texto que vai totalmente ao contrário de tudo que defendi aqui. Cita diversas vezes “nós”, limita os leitores, discrimina e refleti demais, mas se fez necessário. Se estou errado … bem … nem quero mais pensar.

6 Comments

  1. Renato
  2. tonobohn
  3. tonobohn

Add Comment