Encontro – Blogueiros e Microsoft

Nessa última Sexta-Feira (28), a Microsoft realizou um segundo encontro com alguns bloggers, na sua sede em São Paulo, no World Trade Center, aquele do seriado “O Aprendiz”.

Não estive presente no primeiro encontro (saiba como foi aqui), mas agradeço ao Fugita por ter me chamado dessa vez.

Vista World Trade Center
Vista do 31º andar do WTC. Nenhum avião à vista (Vista, WTC, pegou? Haha)
Foto gentilmente cedida pelo Cardoso (eu só não pedi ainda pra ele)

Como tivemos dois blogueiros de fora do Estado participando, Rodrigo Ghedin e Nick Ellis, a reunião foi transmitida através do Live meeting, que não tiveram a chance de provar os lanchinos e brigadeiros na mesa, nem de participar do happy hour 😉

Presentes estavam eu, Fugita, Johnny Ken e Cardoso, além do pessoal da Microsoft, com a presença ilustre do Osvaldo Oliveira diretor de serviços online da Microsoft Brasil, que está na MS desde a era do PC-lascado.

O tema da conversa foi Services + Softwares, apesar deu ter ido até lá pensando que seria sobre SaaS (Software as a Service). Para quem não sabe o que é o que, ainda vou explicar.

Logo no começo o Galileu nos mostrou o vídeo do Keynote do Ray Ozzie, onde ele explica basicamente a estratégia da Microsoft em relação a software e serviços. Há hoje uma tendência mundial de migrar a maioria dos softwares para a web. Assim, a internet passa a ser a plataforma principal, e não o sistema operacional. Um ótimo exemplo recente dessa tendência é o novo Photohop Express, lançado pela Adobe que é nada mais que uma versão online do famoso programa de edição de imagens.

Contudo, o mesmo Photoshop Express é um bom exemplo para mostrar como essa tendência pode estar indo muito mais na “modinha” do “tudo-online” do que na real utilidade do serviço. Segundo várias críticas que pude ler, o Express é bem limitado, não possue muitas funções. Claro, via web não é? O que se esperava?

E é a partir daí que a Microsoft monta sua estratégia. Online o que precisa ser online e offline o que precisa ficar no seu desktop. Ao invés de ter a web como plataforma única (SaaS) e ter de convencê-lo de que essa é a melhor opção, porque não dar outra opção para o cliente escolher entre desktop e internet (software + service)?

Do ponto de vista estratégico, a visão é excelente. Até o Fugita, defensor daqueles que vivem nas nuvens (sacou, nuvens, web, vivem nas nuvens? Haha) deu o braço a torcer e fugiu da sua visão extremista (Fugita fugiu, entendeu de novo? Haha).

Depois do debate, demos uma volta para conhecer o local de trabalho do pessoal. Uma copa com poltronas, cadeiras transparentes de plástico, refrigerante grátis, um Xbox e um LCD de muitas polegadas, só pra começar. O lugar todo branco, bem clean e descontraído, desde os bonecos gigantes pendurados de baia em baia, até as bexigas espalhadas por todo lado.

Enfim, o encontro foi muito bacana e agradeço novamente o convite da Microsoft, que aliás, está dando de 10 a 0 em outras gigantes por aí no relacionamento com os blogueiros.

Encontro Blogs + Microsoft
De pé: Jonny Ken, Cardoso, EU, Rui;
Agachados: Alexandre Fugita e Galileu.

Leia mais:

2º encontro Microsoft com bloggers
Encontro de Blogueiros com a Microsoft: Resultados

3 Comments

  1. tonobohn

Add Comment