Web
Analytics

Google Compra Motorola e Encerra Guerra de Patentes!

Com a finalidade intensificar o mercado do Android, o Google está comprando a Motorola. Ação que encerrará a guerra de patentes, é o que foi informado por Larry Page. Ainda de acordo com o CEO do Google, esta compra não irá modificar o principal foco do sistema operacional para dispositivos móveis da Google, o qual continuará como uma plataforma aberta enquanto a Motorola Mobility continuará como uma empresa independente. De acordo com informações relacionadas à testa compra milionária, o Google desembolsou cerca de 12,5 bilhões de dólares para a compra da Motorola Mobility. Desde 2008, a Motorola tem apostado fortemente no Android, assim atuando juntas, as duas empresas têm como intuito criar experiências inovadores e diferentes para os usuários, consequentemente aumentar o seu desempenho e alcance em relação ao Android em todo o mundo.

Desta forma, a compra da Motorola é a garantia de um belo futuro do Android, sistema responsável em popularizar os smartphones e que trouxe diferentes inovações aos aparelhos do gênero. Entretanto, havendo a guerra entre as patentes, o futuro do robozinho verde do momento estava em risco, e estando com o seu futuro ameaçado, a Google tratou de agir o quanto antes para evitar qualquer situação adversa. Depois desta atitude que deixou muitos de boquiaberta, a Google conta com diferentes caminhos e possibilidades em sua frente, apesar de alguns ainda serem arriscados, mas apesar de sua nova decisão, hoje é um dia muito especial para a tecnologia, sobretudo, para a Google.

A Motorola conta com 12,5 mil patentes, o que custou a Google 12,5 bilhões, sendo que cerca de 7.500 ainda encontra-se em processo de registro, número suficiente para proteger os fabricantes da Android. Contudo, o negócio ainda não foi finalizado, é necessário ser aprovado pelo FTC, órgão de proteção à concorrência dos Estados Unidos e também pelas comissões europeias. No entanto, é difícil que ocorra algum problema que impeça a compra milionária do momento.

O conceito de que a Google irá privilegiar a Motorola e de que poderia desenvolver aparelhos integrados como os da empresa concorrente, a Apple, faria sentido apenas se a Google se torna-se um novo fabricante de Smartphones do mercado. Entretanto, esta é uma missão que a empresa não deseja mesmo tendo feito esta grandiosa aquisição. Para o maior entendimento do que está acontecendo neste meio tecnológico é preciso saber o verdadeiro criador do Android, algo que poucas pessoas sabem, Google. Há quem acredita no conceito de que a Google é a empresa que desenvolve os Smartphones e Tablets, informação errônea, pois quem produz os aparelhos são empresas como Motorola, LG, Samsung, SE, Asus e outras. Já os clientes da Google são os anunciantes, os quais são responsáveis por aproximadamente 97% do faturamento, em que o principal produto não é o sistema Android, mas sim os consumidores.

Desta forma, levando em consideração este sistema em um todo, o Android é a melhor opção para a Google, pois garante que o usuário desfrute de todos os recursos que a empresa oferece. A grandiosa empresa do melhor buscador de pesquisas da internet deseja por fim ser uma das maiores concorrentes da Apple, que se encontra no mercado com os melhores aparelhos e recursos, como iPhone, iPad e outros. Outro foque da Google fazer com que os aparelhos tenham preços acessíveis, pois com a compra da Motorola as patentes estão seguras. Assim, disponibilizando Smartphones baratos, mais pessoas compraram e tendo um sistema aberto e gratuito não haverá apenas vantagens para a Google, mas também para todos.