Web
Analytics

Meme: Blog, escrever por paixão ou por dinheiro?

O Bruno Godoi lançou, o Alexandre Rauta pegou, e agora eu recebi a bola.

Blog, escrever por paixão ou por dinheiro?

Essa tá fácil, é só chutar pro gol.

Se alguém pensa em formar um blog só pra ganhar dinheiro, sem ter prazer nenhum, nem precisa começar o jogo. São pouquíssimas pessoas no Brasil que conseguem realmente ganhar dinheiro com um blog. Você vai suar a camisa durante um ano, pra depois começar a comemorar as primeiras vitórias (e essa analogia com futebol já está desgastando).

Eu blogo por paixão? Não não … eu estou atrás da fama e da glória a qualquer custo. Juro. As pessoas já me pedem autógrafo nas ruas, e o Silvo Santos tá doido pra me colocar no lugar do Gugu. Sempre quis apresentar o Roda Pião.

* A foto ao lado era pra ser meu rosto no lugar do Gugu, mas ficou estranho.

Pra quem não entendeu, é brincadeira. Infelizmente, aqui no Brasil a frase que rege o desenvolvimento dos blogs é: “Blogo, logo desisto”. A grande maioria dos blogs não aguenta o tranco nos primeiros meses.

Então pra que continuar?

É só olhar os frutos que esse blog, com menos de 3 meses de idade já me trouxe. O negócio é ter força de vontade, como com qualquer projeto que você tenha. Nesse meio tempo, muita gente elogiou o blog, muita gente criticou e muita gente que eu nem imaginava se tornou leitor. Se você não consegue sorrir ao ler um elogio, e vibrar no meio da torcida com cada comentário polêmico e/ou interessante que escrevem, você também não pode ser blogueiro.

Foi por causa dessa vida de blogueiro que participei do BarCamp, e conheci mais um monte de gente. Eu tinha a opção de ter ficado em casa, comendo amendoim japonês e ouvindo a vizinha xingando o marido de bicha, babando e batendo no batente da porta, mas decidi ir até lá.

Se fosse pra blogar por dinheiro, eu escreveria sobre o BBB, Receita Federal e RBD. Ia chover cliques por aqui. Claro que é ótimo poder ganhar dinheiro com aquilo que você faz por prazer, mas ver o seu filho crescer, tomar Neston e ficar fortinho, não tem preço.

Apesar de existirem milhões de blogs, são não tantos assim realmente ativos. Você percebe que existe uma panelinha de no máximo uns 100 blogueiros brasileiros, que estão sempre linkando um pro outro, deixando comentários nos blogs, e ajudando o concorrente a crescer. O que os diferencia é a força de vontade de continuar escrevendo, lendo e participando. Principalmente participando, afinal, estamos na era 2.0, sinônimo de colaboração.

Se um dia vou comprar um notebook igual do Edney (o laranja da foto ao lado) só com o dinheiro do AdSense eu não sei. Duvido. Mas até lá com certeza já terei escrito muita coisa interessante.

Você percebe que seu blog é útil e interessante, quando você precisa lembrar de algum assunto, e pesquisa dentro dele mesmo. Ou quando você consegue começar a linkar textos dentro do seu próprio blog como referência, quer dizer que seu conteúdo está ganhando peso.

Bom, voltando ao assunto e deixando de vagar …..

Particularmente, apesar de dizer que blogo por paixão, acho que isso não basta. Você precisa ter um planejamento e um target. Se for só por diversão, você pode continuar com seu blog durante anos, mas ele dificilmente vai crescer. Você tem que se obrigar a escrever sempre, ler e comentar.

Pode ser chato algumas vezes, mas tem que fazer. Tem que entender que a realidade não é simples, que blogs ainda sofrem preconceito, que você não vai ganhar dinheiro nos primeiros meses e que talvez não ganhe nunca. Mas dinheiro não é o único fruto que o blog pode trazer. Ele pode abrir portas, fazer você conhecer novas tecnologias, desenvolver seu intelecto e gente interessante.

Se você entender isso tudo e continuar blogando mesmo assim, então você tem boas chances de crescer e de ser mais um feed no meu NetVibes 🙂

———————————————————————————————————-

Deixo aberto o meme para quem quiser participar, é só me avisar que eu coloco um link aqui embaixo!

4 Comments

  1. tonobohn
  2. tonobohn

Add Comment