Web
Analytics

Microsoft Vê Oportunidades Em Países Emergentes, Porém Alguns Americanos Não…

BRICA notícia é um pouco antiga, mas o tema continua sendo novo.

No dia 13 de Novembro, Steve Balmer fez uma declaração sobre os países emergentes do BRIC:

At the company’s annual shareholder meeting, Ballmer said Microsoft’s sales in “BRIC” countries — Brazil, Russia, India and China — will grow to almost $3 billion in fiscal 2008 ending in June from about $1 billion three years ago.

It is still only a small percentage of Microsoft’s estimated total revenue of close to $60 billion this year, but the company is working to increase revenue in those countries with new business models and better piracy control measures.

Tradução:

Na reunião annual de acionistas, Ballmer disse que as vendas da Microsoft nos países do BRIC – Brasil, Rússia, India e China – crescerão para quase $3 bilhões em 2008, contra apenas $1 bilhão três anos atrás.

Isso é ainda uma pequena porcentagem do total estimado de $60 bilhões em vendas da Microsoft, mas a empresa está trabalhando para aumentar essa margem com novos modelos de negócio e melhor controle da pirataria.

Esse assunto gerou um tópico que pode ser visto neste site com alguns comentários que merecem observação, como por exemplo:

grelmar disse:

[…]

Uhh… Seriously though. Should we be overly impressed that countries that, added together, represent more than half the world’s population now account for 5% of Microsoft’s revenue? Sure, it might be an improvement, and there’s certainly room to grow, but we’ve been hearing about the “surging” consumer markets in China and India for over a decade now.

Call me a sceptic, but I’m gonna hold off on brushing up on my Mandarin until I see a bit more evidence.

Tradução:

Uhh… sério. Eu deveria ficar impressionado que países que, somados, representam mais da metade da população mundial e apenas 5% das vendas da Microsoft? Claro, isso pode aumentar, e provavelmente irá, mas eu tenho ouvido falar sobre os mercado emergentes da China e India há mais de uma década.

Me chame de cético, mas eu irei segurar meu curso de Mandarim até que veja mais evidências.

É Grelmar, a diferença é que o Ballmer é um cara de visão. Em 3 anos, o mercado dentro do bloco do BRIC triplicou. Veja quanto o mercado norte-americano aumentou nesse mesmo período.

EUA e Europa pode ainda representar uma enorme porcentagem nas vendas da MS, mas não há mais muito para onde crescer. Enquanto nos países emergentes, o mercado cresce a cada ano. É por isso que há tanto dinheiro sendo investido por aqui, e é exatamente por isso que esses países são chamados de EMERGENTES.

Veja outro comentário…

shigamoto disse:

Interesting, I wonder what kind of “new business models” they have in mind. Will they just slash prices to compete with the pirates or do Microsoft have something else up their sleve?

Tradução:

Interessante, me pergunto que tipo de “novo modelo de negócios” ele tem em mente. Eles irão apenas baixar os preços para competir com os piratas ou a Microsoft tem algum truque na manga?

Fique tranquilo meu amigo, vai ser difícil superar os US$ 15 bilhões de prejuízo dos norte-americanos com a pirataria.

Quer saber mais sobre o BRIC? Leia aqui.

13 Comments

  1. Nome pra quê?
  2. tonobohn
  3. Trina Morton

Add Comment