Mitos e verdades sobre depilação a laser

Os mitos e verdades sobre depilação a laser prometem esclarecer as dúvidas das mulheres que desejam eliminar os pelos do corpo com alta tecnologia, mas não sabem ao certo como funciona o método.

Mitos e verdades sobre depilação a laser. (Foto: Divulgação)

Mitos e verdades sobre depilação a laser. (Foto: Divulgação)

A técnica de depilação a laser está se tornando cada vez mais popular no Brasil. Ela promete acabar com os pelos progressivamente através de uma energia luminosa que penetra a pele. Em poucas palavras, o método garante resultados mais duradouros do que a depilação com cera ou lâmina.

Mitos e verdades sobre depilação a laser

Confira a seguir os mitos e verdades sobre depilação a laser:

Depilação a laser é definitiva.

MITO. A depilação a laser acaba com os pelos gradualmente, mas não pode ser considerada definitiva. As células que produzem o pelo morrem durante o procedimento, mas, por alguma razão, elas podem ser estimuladas e voltar a produzir normalmente. De acordo com os especialistas, a depilação a laser acaba com 90% dos pelos.

A depilação a laser é indicada só para quem tem pele clara.

MITO. A depilação a laser pode ser realizada em todos os tipos de pele, inclusive negra.

Depilação a laser mancha? Sim, mas é temporário. (Foto: Divulgação)

Depilação a laser mancha? Sim, mas é temporário. (Foto: Divulgação)

Depilação a laser causa manchas.

VERDADE. A aplicação do laser em alta intensidade causa manchas de pele, mas que são apenas temporárias e podem ser tratadas.

O laser elimina só os pelos escuros.

VERDADE. Os pelos loiros e ruivos possuem pouca concentração de melanina e por isso o tratamento se torna ineficiente.

Posso me depilar com cera nos intervalos das sessões de depilação a laser.

MITO. As sessões de depilação a laser não são compatíveis com outros métodos que removem os pelos pela raiz. Apenas a lâmina está liberada.

Depilação a laser não é indicada para área íntima.

MITO. A aplicação do laser remove pelos de todas as partes do corpo, inclusive na área íntima. O método só é perigoso na região dos olhos.

Depilação a laser causa dor.

VERDADE. A depilação a laser é menos dolorosa do que o procedimento realizado com cera, mas dói mesmo assim. Uma forma de amenizar a sensação é aderindo ao sistema de resfriamento da pele.

Depilação à laser dói? Sim, mas não tanto quanto a cera. (Foto: Divulgação)

Depilação à laser dói? Sim, mas não tanto quanto a cera. (Foto: Divulgação)

O laser não deve ser aplicado no lugar da tatuagem.

VERDADE. A depilação a laser não pode ser realizada na área com tatuagem, pois o pigmento artificial que está dentro da pele será atingido e queimado.

Não tem perigo fazer depilação a laser bronzeada.  

MITO. O laser procura pigmentos para eliminar os pelos. Quanto mais bronzeada estiver a pele, maior a pigmentação e, consequentemente, a chance de queimaduras aumenta.

Agora que você já conhece os mitos e verdades sobre depilação a laser, acabe com os pelos do corpo recorrendo a um método moderno e eficaz.

Mitos e verdades sobre depilação a laser
Avalie esse artigo: