O Que Temos a Oferecer?

Nerds e capitalistas de risco não falam a mesma língua.

Na semana passada falei sobre o que os executivos e investidores devem fazer para começar a entender o mercado 2.0.

Dessa vez, vou falar um pouco sobre o que nós blogueiros devemos fazer para sermos entendidos. Se queremos que eles aprendam nossa linguagem, precisamos aprender a deles. O esse alfabeto é bem simples de entender, porque se resume em apenas uma letra: $

Um blog que quer ser visto deve primeiro ter a resposta para as seguintes perguntas?

  1. Qual a sua visão?
  2. Qual problema você está resolvendo com seu blog?
  3. Onde você quer chegar?
  4. O que há de único no seu blog?
  5. Como você pode trazer lucro?
  6. Qual o seu público?

A última questão talvez seja a mais importante. Agências de publicidade têm hoje uma enorme dificuldade em saber onde anunciar para alcançar o público alvo.

cifrao

Um blog não possui uma audiência comparável com a de um portal. E por mais segmentado que seja, isso ainda pode ser um grande obstáculo. Uma campanha de uma grande empresa visa atingir milhares ou milhões de pessoas.

Anunciando em um portal ou em outra mídia como Outdoor e Televisão.

Vantagens:

  1. Grande audiência;
  2. Facilita a criação da campanha.

Desvantagens:

  1. Dificuldade de segmentar a campanha;
  2. Muito dinheiro desperdiçado, uma vez que apenas uma pequena porcentagem daqueles que notarão a publicidade realmente podem ser potenciais clientes.

Anunciando em blogs.

Vantagens:

  1. Capacidade de segmentação alta;
  2. Oportunidade de criar novas formas de divulgação criativas, não apenas com banners;
  3. Marketing viral;
  4. Uma peça publicitária em um blog tem um poder maior de influência em relação aos leitores fiéis do blog.

Desvantagens:

  1. Baixa audiência;
  2. Dificuldade de encontrar bons blogs com o perfil desejado;

Foquemos então nas desvantagens dos blogs. Se conseguirmos saná-las, teremos um bom modelo de negócio para anunciantes.

Baixa audiência: Querendo ou não, ainda é um ponto importante. Ter uma boa audiência é muito importante, mas cuidado! Criar posts apenas para atrair visitas vindas de buscadores pode ser um tiro no pé. O melhor é sempre investir em qualidade, e assim a quantidade virá como consequência.

No entanto, a questão da baixa audiência pode ser resolvida anunciando em mais de um blog, o que nos leva ao segundo ponto..

Dificuldade de encontrar bons blogs com o perfil desejado: A questão mais importante hoje para todas as agências de publicidade é saber onde anunciar. eles querem, os clientes querem, mas não existe uma fonte de informação rápida e fácil que mostre quais blogs tem público alvo com o perfil que eles desejam alcançar.

Imagine que você está vendendo um produto novo, voltado para o público masculino, de 18 a 35 anos de classe média. Onde posso anunciar esse produto?

É aí que entra a importância do MediaKit. Faça uma pesquisa no seu blog, incentive os leitores a responderem um formulário para que você consiga conhecer seu público e tenha essa informação em mãos. É o mínimo que podemos fazer.

Blog ainda é hobby

Apesar de tudo isso, não esqueça nunca de blogar por paixão. Blogs podem ser levado a sério, mas com criatividade. Prepare o terreno, mas não faça nunca com que seu blog vire um lugar burocrático, senão ele perde a razão de ser.

Para continuar a discussão, gostaria de alguns amigos também falassem sobre o assunto que considero muito importante nesse momento. Wagner? Navarro (como não é o foco do seu blog, pode ceder um espaço aqui no Oito Passos)? Marco Gomes? Quem se habilita? Todos estão convidados.

1 comentário

  1. Wagner Fontoura

    Oi, Tonobohn! 🙂

    Eu observo os blogueiros que aparentemente “encontraram o caminho” (ou foram encontrados) e deduzo, por enquanto, que não há uma receita de bolo que sirva necessariamente como padrão de referência nesse sentido.

    Outro dia li, não me lembro mais em que blog foi, que ainda estamos “brincando de casinha” na blogosfera brasileira. Concordo. Desde que desconfiei disso, comecei também a achar arrogante e tolo muito do que já pensei e falei até aqui a respeito do quanto evoluimos nesse ano, e confesso que estou revendo grande parte dos meus conceitos.

    Notou que nem tenho postado no meu blog pessoal? Pois é… A fase é de recarregar as baterias; submergir, sobretudo, no mundo offline; promover o choque do virtual com o mundo real e tirar daí as novas lições, os novos conceitos. Nos vemos aí em SP na terça! Até lá!

    “Eu não sou sempre da minha opinião. Considero a sua e, se for o caso, reconsidero a minha.” (Paul Valéry)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *