Planos de saúde mais reclamados

­A Secretaria da Justiça e da Defesa da Cidadania do Estado de São Paulo vinculada a Fundação Procon SP, é um dos órgãos mais procurados em todo o país pelos insatisfeitos consumidores que estão com diversos tipos de problemas em serviços e produtos. Seguindo essa linha o Procon SP divulgou uma lista atualizada com os planos de saúde que mais recebem reclamação, essa lista tem base no período do primeiro semestre de 2013.

Planos de saúde mais reclamados

Planos de saúde mais reclamados

O mercado de fornecedores do segmento da saúde assume a sexta posição entre os mais reclamados no Procon SP, com base no período do primeiro semestre de 2013. De acordo com o Procon SP foram registrados 6.550 atendimentos, considerando os pedidos de queixas e orientações contra administradoras e/ou operadoras de benefícios.

Uma das coisas importantes de destacar é que a lista com os planos de saúde mais reclamados do Procon SP leva em conta as Cartas de Informação Preliminares – “CIPs” registradas no órgão, que podem não ser caracterizadas como processos administrativos, mas por exemplo, nada mais são do que apenas pedidos de esclarecimento de mal entendidos.

Confira agora mesmo a lista com os planos de saúde mais reclamados no Procon SP:

Planos de saúde mais reclamados

Planos de saúde mais reclamados

– Grupo Amil (Amil, Amico, Dix e Medial)

– Qualicorp Administradora de Benefícios Ltda

– Green Line Sistemas de Saúde Ltda

– Unimed Paulistana Sociedade Cooperativa de Trabalho Médico

– Sul América Companhia de Seguro Saúde

– Intermédica Sistema de Saúde S/A

– Somel Sociedade para Medicina Leste Ltda

– Universal Saúde Assistência Médica Ltda

– Bradesco Saúde S/A

– Golden Cross Assistência Internacional de Saúde Ltda

Confira os principais motivos de reclamação dos consumidores

Planos de saúde mais reclamados

Planos de saúde mais reclamados

Junto com a lista dos planos de saúde mais reclamados no primeiro semestre do ano o Procon SP também lançou a lista com as principais reclamações dos consumidores insatisfeitos. São eles:

– 1029 reclamações sobre problemas na cobertura nos contratos de plano de saúde, (negativas, não cobertura, reembolso, demora, e demais).

–  229 reclamações sobre reajuste de tarifa devido faixa etária do cliente, reajuste anual, sem previsão contratual

– 196 reclamações por substituição, rescisão, alteração de contratos de saúde.

– 147 reclamações sobre o não comprimento do contrato, problemas com a rede assistencial.

– 36 reclamações sobre à emissão/remessa de boletos, carteirinha e outros.

Agora que você já sabe tome mais cuidado ao analisar contratos de planos de saúde. Boa sorte!

Planos de saúde mais reclamados

Planos de saúde mais reclamados