Web
Analytics

Rede social Ello, como entrar, conseguir convites

Rede social Ello, como entrar, conseguir convites são as informações necessárias para que as pessoas consigam começar a usar essa nova rede social. A rede social nasceu em março desse ano, mas nos últimos dias foi quando conquistou mais de 31 mil usuários por dia e começou a conquistar o interesse das pessoas pelo mundo, incluindo as pessoas aqui no Brasil, que estão querendo aproveitar os diferenciais que o Ello oferece se comparado para o Facebook.

Rede social Ello, como entrar, conseguir convites (Foto: Divulgação)

Rede social Ello, como entrar, conseguir convites (Foto: Divulgação)

Rede social Ello, como entrar, conseguir convites

Rede social Ello, como entrar, conseguir convites passo a passo:

– Convites

Como a rede social está em fase de testes não é possível entrar na página de acesso e criar a sua conta, como acontece com as redes sociais que estamos acostumados a usar. É necessário receber um convite para fazer parte dessa rede social, por isso, para começar a usar Ello você precisa conhecer alguém que começou a fazer parte dela.

– Começando a usar a Ello

A Ello é bem parecida com o Facebook, oferece aos usuários um mural para você publicar o que quiser (fotos, vídeos e mensagens), além de ver a publicação das outras pessoas. Então, usar a Ello é como usar o Facebook.

A Ello promete mudar a rede social que conhecemos (Foto: Divulgação)

A Ello promete mudar a rede social que conhecemos (Foto: Divulgação)

Ello ataca o Facebook

A Ello ataca o Facebook no sentido de que ele vê seus usuários como números. E que usa as informações de cada pessoa para gerar anúncios e aumentar o seu faturamento. A Ello é contra essa política e diz que não vai usar informações dos usuários para vender anúncios.

A Ello pode te ajudar a fazer novos amigos (Foto: Divulgação)

A Ello pode te ajudar a fazer novos amigos (Foto: Divulgação)

“Sua rede social é controlada por anunciantes. As mensagens que você compartilha, cada amigo que você faz e todo link que você clica é rastreado, registrado e convertido em dados. Os anunciantes compram sua informação para te mostrar mais anúncios. Você é o produto que está sendo comprado e vendido”, diz uma mensagem oficial do Ello, que foi elaborado por designers e artistas que trabalham nessa rede social.

A Ello tem diferenciais com relação ao Facebook, permitindo que as pessoas usem nomes fictícios para criarem seus perfis, o que agradou muito a comunidade LGBT, que começou a utilizar em massa essa rede social nos últimos dias nos Estados Unidos. Além disso, a política com relação a posts com pornografia são bem mais brandas que no Facebook.