Telefônica Mudará Seu Nome e Adotará Marca Vivo

Uma fusão entre gigantes fará com que a empresa de telefonia Telefônica, muito atuante na região sul e sudeste do Brasil, mude de nome ainda neste ano de 2012. A razão da mudança não é uma questão estética, pelo contrário, trata-se de uma boa estratégia para se manter firme no mercado através de um nome já muito reconhecido como é o caso da Vivo.

Pois é, queridos consumidores de comunicação, a partir do segundo semestre deste ano a Telefônica vai passar a se chamar Vivo, embora o projeto inicial fosse se chamar Movistar, mas, devido ao apago desta companhia aqui no Brasil (o que já não ocorre na América Latina), decidiu-se que seria o nome Vivo.

Toda esta mudança ocorreu porque no ano passado a Telefônica comprou 50% das ações da Brasilcel, empresa que tem controle sobre a Vivo. Com esta aquisição, logicamente a Telefônica somou mais estes 50% da Vivo a seu patrimônio. A transação custou cerca de 7,5 bilhões de euros para os cofres da Telefônica, um valor que chega a quase R$18 bilhões de reais no Brasil.

A mudança do nome também é para tentar apagar do mercado a má fama que a Telefônica adquiriu ao longo dos anos por oferecer um serviço considerado não de muita qualidade por analistas do mercado. Com isso, a Telefônica deseja não apenas se chamar Vivo como continuar realizando todas as promoções e facilidades de comunicação que só ela pode fazer pelos seus milhões de clientes em todo o Brasil.

Não se sabe ao certo, em termos de tarifas e custos, o que isso vai render seja de positivo ou negativo para os clientes da Nova Vivo, mas, todos os assinantes esperam que seja algo bem vantajoso para os clientes.