Teste rápido de HIV será vendido em farmácia

A partir de fevereiro de 2014 será possível fazer um teste rápido para a detecção do HIV. Esse exame rápido será vendido em farmácias, o que auxilia no diagnóstico precoce do HIV. Ele será realizado com a saliva da pessoa e fica pronto em apenas 20 minutos.

Aprenda a fazer o teste de HIV (Foto: Divulgação)

Aprenda a fazer o teste de HIV (Foto: Divulgação)

Faça o teste de HIV

Atualmente, detectar a doença ficou mais simples, pois os métodos diagnósticos foram criados em 1985, e estão evoluindo bastante e estão na quarta geração. Porém, alguns itens atrapalham o diagnóstico da doença. As pessoas tem medo de descobrir de verdade que tem a doença e esse sofrimento emocional faz com que as pessoas não queiram fazer o exame. Fora isso, existe a vergonha de pensar na possibilidade de se ter HIV.

A quantidade de exames feitos no Brasil aumentou nos últimos seis anos, mas mesmo assim, muitos não sabem que está infectado. Os números do  Ministério da Saúde apontam que no total de 530 mil soropositivos no país, 135 mil desconhecem que estão com a doença.

Novidades sobre o teste de HIV (Foto: Divulgação)

Novidades sobre o teste de HIV (Foto: Divulgação)

 Os tabus na luta contra o HIV

Uma pesquisa do Ministério do Trabalho e Emprego mostra que somente 14% das empresas nacionais fazem alguma campanha de prevenção à Aids no ambiente de trabalho. Cerca de 48% das companhias nacionais  não acham necessário fazer ações de tal natureza e 13% das organizações alegam que existe uma falta de interesse ao tema por parte dos funcionários.

Porém, acredita-se que o debate do tema HIV nas empresas ajuda na prevenção, além de fazer com que as pessoas se preocupem em identificar o problema o mais rapidamente possível, para que o tratamento seja feito de um modo correto.

As pessoas contribuem para que o tabu contra a Aids permaneça em uma crescente. Isso porque as pessoas ainda tem uma imagem de que a Aids é sinônimo de morte. Na verdade, se a doença for detectada cedo, é possível manter o controle, com o uso de um coquetel antirretroviral, que atende a necessidade especifica de cada paciente. É verdade que esse conjunto de fármacos tem que ser tomados pelo resto da vida, mas é possível ter uma vida de qualidade.

 

Teste rápido de HIV será vendido em farmácia
Avalie esse artigo: