Tratamento para Câncer de Laringe

Depois do caso com o ex-presidente, Luís Inácio Lula da Silva, o câncer de laringe ganhou um destaque na mídia brasileira. O tumor de laringe atinge cerca de 10 mil brasileiros por ano, segundo o Inca (Instituto Nacional do Câncer). Esse tipo de câncer surge em maior numero com homens entre 55 e 65 anos, fumantes ou ex-fumantes e indivíduos que tem hábito o de beber álcool.

O tratamento inclui a quimioterapia e a radioterapia, que afetam a voz do paciente a partir da metade do tratamento, segundo especialistas. Durante o tratamento a voz pode ficar rouca, fraca ou rugosa e isso causa um pouco de desconforto na hora de falar. Exercícios sonoros são praticados com os pacientes.

Esse programa pode durar em média dois meses. A meta do programa é voltar a voz que se tinha antes da enfermidade, ou pelo menos chegar ao seu som aproximado. Outra dificuldade causada pelo tratamento de Câncer de laringe é a dificuldade de engolir alimentos, a fonoterapia pode ajudar, mas em muitos casos é necessário mudar a alimentação.

Há casos em que é necessário a retirada da laringe. Existem três tentativas para a reabilitação vocal. Na primeira se abre um orifício na região da traquéia.
A reabilitação pode se iniciar com a voz esofágica, também é possível usar uma laringe eletrônica.

A terceira tentativa é através de uma prótese traqueoesofágica, que consiste num aparelho de silicone que é colocado entre o esôfago e a traquéia.
É importante o apóio da família ao paciente, pois o tratamento é longo e doloroso.