Web
Analytics

Tratamentos Para DST – Onde Fazer?

Quando se trata de sexo o assunto fica realmente interessante, pois sexo é uma coisa natural do ser humano. Afinal de contas, fomos gerados através dessa prática natural. Entretanto, há um descuido de muitos para com as DSTs (Doenças Sexualmente Transmissíveis), com o carnaval chegando a tendência é que várias pessoas sejam infectadas com esse tipo de doença.

Mas, se você quer curtir o seu carnaval com tranqüilidade, lembre-se que quem vê cara não vê DST, ou seja, quem tem essas doenças não mostra visivelmente que está infectado (muitos nem sabem que estão infectados), por isso tome bastante cuidado e use camisinha sempre.

São doenças que são transmitidas principalmente pela relação sexual vaginal, oral ou anal, através do contato dos órgãos sexuais com a lubrificação vaginal ou com o sêmen. Doenças que são transmitidas sexualmente também podem ser transmitidas através de transfusões de sangue ou contato direto com o sangue contaminado, como exemplo a AIDS.

Os principais sintomas das DSTs são geralmente corrimentos abundantes amarelados ou esverdeados na vagina ou pênis, mau-cheiro no órgãos genitais, coceiras ou vermelhidão constantes na virilha, vagina ou pênis e  feridas na vagina, saco, pênis ou ânus. Há outros sintomas que devem ser observados, mas devido a qualquer suspeita o recomendado mesmo é ir ao médico, apenas ele saberá identificar e tratar.

Os tratamentos são geralmente muito simples (com algumas exceções). Para fazer o este (caso possua alguma suspeita de DST) ou iniciar um tratamento procure a unidade de atendimento de sua cidade, que geralmente é exposta no site da cidade onde você mora. Caso tenha tido relações sexuais sem camisinha é hora de procurar algum órgão para se fazer o exame gratuitamente, assim em caso de positivo, poder contar com todos os tratamentos na rede pública de saúde.